Lojinha GAC

Diagnóstico Precoce

Prestação de Contas

Noticia

Setembro Dourado alerta para relevância social do câncer infantojuvenil

Setembro Dourado alerta para relevância social do câncer infantojuvenil

11/09/2017

Em Pernambuco, o Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer – Pernambuco (GAC-PE) promoverá capacitação para cerca de trezentos profissionais de saúde da Rede Municipal do Recife, através da Telessaúde.

O câncer infantojuvenil é a primeira causa de morte, por doença, na faixa etária entre 1 e 18 anos, quando desconsiderados os fatores externos. A taxa de cura no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), é aquém do almejado: são 13 mil novos casos/ano de câncer infantojuvenil no país, com uma média de 48% de cura.

“Queremos padrão ouro para as nossas crianças”. É com esse apelo de Dra. Vera Morais, médica, fundadora do serviço de oncologia pediátrica do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) e mentora do Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer - Pernambuco (GAC-PE) que em Pernambuco será lançado dia 13.09, durante campanha do Setembro Dourado, a terceira edição do projeto FIQUE ATENTO: Pode ser câncer. A iniciativa tem como finalidade preparar profissionais de saúde para diagnosticar precocemente a doença e assim ampliar os índices de cura.

Durante o projeto, a médica oncologista pediatra e presidente do GAC-PE, Dra. Vera Morais, ministra o curso de diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil para profissionais de saúde do Distrito I – região de Santo Amaro. O conteúdo da capacitação também será transmitido virtualmente pelo Telessaúde, uma plataforma online do NUTES acessível a qualquer profissional cadastrado no sistema.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. “Nós estamos nessa batalha de tentar reduzir o índice de óbito das nossas crianças, porque, infelizmente elas ainda chegam com a doença muito avançada”, destaca Dra. Vera Morais.

O diagnóstico tardio está atrelado ao fato de os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil serem confundidos com outras doenças comuns à infância. É por isso que a campanha Setembro Dourado reforça sintomas aos quais a família deve ficar alerta, como febre persistente, surgimento de caroços, dores ósseas, vômitos, hematomas, entre outros.

Desde 2012, através de um movimento liderado pela Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIACC), que o dourado tornou-se a bandeira da luta contra o câncer infantojuvenil.

O GAC-PE - O Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer – Pernambuco (GAC-PE) é uma organização social sem fins lucrativos e/ou econômicos com 20 anos de atuação na prestação de assistência social humanizada às crianças, adolescentes e jovens com câncer tratamento no Centro de OncoHematologia Pediátrica (CEONHPE) do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC). Atualmente, a instituição assiste, por dia, uma média de 70 pacientes ambulatoriais e 24 em situação de internamento. Além das ações com foco na assistência social, desenvolve projetos específicos de prevenção e humanização do tratamento. Mais informações em www.gac.org.br.

Notícias Anteriores

Anterior 1 3 4 5 7 8 9 41 Próxima

Produzido pela Prática